Reportagem do Fantástico – Essa dor que Não passa – Como evitar a dor na coluna (Parte 2)

Reportagem do Fantástico: Essa dor que Não passa – Como evitar a dor na coluna (Parte 2)


Considerações – Rodrigo Andrade:
1- Nem todas as dores nas costas, tem causas físicas, na reportagem todos os casos que foram apresentados tinham problemas estruturais na coluna (Estenose, Espondilolistese, Degenerações e Profusão discal).
2- As diretrizes internacionais (American College Physicians, Chou et al, 2016), não recomendam os exames complementares, até os exames clínicos terem sido realizados e quando o tratamento conservador nãotenha obtido bons resultados.
3- Estudos recentes mostram que todas as pessoas (com dor ou não) tem degenerações na coluna ( https://www.ncbi.nlm.nih.gov/…/PMC4464…/pdf/nihms-696022.pdf ).
4- Em outros Revisão Sistemática, avaliando mais de 361 casos, mostrou que quanto maiores as hérnias de disco, são maiores as chances delas serem regeneradas espontaneamente (Chiu et al, 2015).
5- A postura corporal não tem relação com as dores corporais, estudo avaliado 1.108 adolescentes NÃO identificou associação entre dor cervical e postura ( https://www.ncbi.nlm.nih.gov/m/pubmed/27174256 ), ou o uso do celular por exemplo, que em 2017, saiu uma revisão sistemática que mostrou não haver relação entre dores cervicais e o uso do celular (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28787453).
6- Foi recomendado para um paciente a técnica RPG e na Revisão Sistemática de 2017, mostrou que RPG não é superior a outros tratamentos, sendo assim não é a técnica com maior evidência científica para o tratamento da coluna (https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27437710).
7- Nós fisioterapeutas NÃO ficamos alongando isquiotibiais na nossa prática clínica.
8- Foi recomendado 10 sessões de fisioterapia pelo médico. Este NÃO é um número mágico, as vezes precisamos de MENOS, outras vezes MAIS.
9- Massagista não é o profissional mais recomendado para o tratamento de dores crônicas.
10- SEMPRE… deve ser realizado o tratamento conservador antes de qualquer procedimento cirúrgico, ficou claro, que muitas vezes a cirurgia elimina a parte física as dores continuam!!!
Este tipo de reportagem, faz com que pessoas com DORES nas costas associem suas DORES com problemas sérios de coluna e isso faz com que ocorra fenômenos negativos com NOCEBO, fazendo as dores PIORAREM!
No Canadá, Austrália e Escócia ocorre o inverso!!!
Suman e colaboradores avaliaram o impacto de uma campanha de mídia (www.backactive.ca) em múltiplos meios de comunicação (outdoors, televisão, internet, rádio) para estimular a população a se manter ativa e evitar repouso prolongado em caso de dor lombar. A campanha verificou um aumento do número de indivíduos que modificaram positivamente suas crenças sobre dor lombar de 69,6%.
Compartilhem estas informações com base na CIÊNCIA!!!!

Comente!