EXERCÍCIOS PARA DOR CERVICAL, FUNCIONAM?

EXERCÍCIOS PARA DOR CERVICAL

(UPDATE COCHRANE Manual Therapy journal agosto 2016)

exercicios-dor-no-pescoço2

Quem fez o Estudo ?

Força tarefa da Cochrane de pesquisadores Canadenses, Americanos e Holandeses

Qual o objetivo do estudo?

Apresentar a última atualização de revisão sistemática com meta-analise a respeito de exercícios para dor cervical aguda, subaguda e crônica

Qual foi a metodologia ?

Foram incluídos 27 estudos, sendo o mais antigo de 1994.
As patologias incluídas foram : cervicalgia, cervicoradiculopatia, Whyplash , cefaléia cervicogênica, Spondiloartrose cervical em individuos acima de 18 anos.

Que tipo de intervenções foram estudadas ?

Somente terapia por exercícios. Foram excluídos tratamento multimodal, multidisciplinar e manipulação

Foi comparado exercício com o que ?

Pacientes em lista de espera
Pacientes sem tratamento
Pacientes recebendo tratamento SHAM/placebo

Foi comparado que tipo de resultado??

Melhora na Dor, função, capacidade funcional, satisfação do paciente, Percepção global de melhora e qualidade de vida

Qual avaliação do resultado em relação ao tempo (follow up) ?

imediatamente pós tto : 1 dia
curto prazo : 1 dia – 3 meses
prazo intermediario : 3 meses -1ano
longo prazo : igual ou maior que 1 ano

Resultados mais relevantes:

CATEGORIA CERVICALGIA AGUDA/SUBAGUDA/CRÔNICA

1 -Fortalecimento escapulo-torácico + MMSS VS Grupo controle Evidencia moderada (3 estudos N=157)SMD pooled -0.71 (95%CI:-1.33 to -0.10)] que fortalecimento escapulo-torácico + MMSS provavelmente melhora DOR moderadamente imediatamente pós intervenção (1 dia) e a curto prazo (até 3 meses). Melhora Função a curto prazo (3 meses) comparado ao grupo controle.

2- Alongamentos cervicais e ou Exercícios de ADM + Fortalecimento cervical e escapulo-torácicos + estabilização cervical e ombro VS lista de espera
Evidencia moderada (2 estudos N=147) MD pooled -10.94 (CI 95% -18.81 to -3.08) de que programa envolvendo a combinação de exercícios acima citados tem provável efeito em melhora da DOR e FUNÇÃO comparado a pacientes em lista de espera.

3- Treino de endurance de músculos escapulo-toracicos + MMSS
(1 estudo N=198) Demonstraram um tamanho de efeito médio beneficial na DOR imediatamente após intervenção de treino de endurance utilizando abdução do ombro por 2 e 12 minutos em cervicalgia mecânica crônica e subaguda.

exercicios-dor-no-pescoço4

CATEGORIA CEFALEIA CERVICOGÊNICA AGUDA/CRÔNICA

1- Fortalecimento escapulo-torácico + cervical + treino de endurance + treino craniocervical com unidade pressorica biofeedback + estabilização cervical dinâmica VS nenhum tratamento
1 estudo (N=97) demonstrou evidência moderada que esta abordagem acima melhora DOR, FUNCÃO e GPE a longo prazo comparado com nenhum tratamento.

Efeitos adversos :
6 estudos reportaram alguns pacientes apresentando piora dos sintomas

exercicios-dor-no-pescoço3

Conclusão :

Esta revisão ainda demonstra falta de evidência de alta qualidade. Só incluí os achados com evidencia moderada de efetividade deste artigo. No entanto ficou claro que se o clinico utilizar a combinação de fortalecimento escapulo-toracico + cervical + cranio cervical + alongamentos + exercícios de endurance aliado a um tratamento humanizado, terá uma grande chance de promover melhora clinica em pacientes com dor cervical e cefaleia cervicogênica.

Texto – Rodrigo Vasconcelos – Grupo do Facebook: Evidência Nível 1 Que Fisioterapia Funciona

Link do Pubmed: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27317503

Comente!